Termos e condições geraisTermos e condições de venda e utilização (GTCU)

Artigo 1. CONTEÚDO E ÂMBITO

As presentes Condições Gerais de Venda aplicam-se, sem restrições nem reservas, a qualquer compra de serviços de criação e publicação de um (ou vários) guia de boas-vindas, destinado(s) a ser partilhado(s) com os viajantes (“os Serviços”) propostos pela StyQR SAS (“o Prestador”) aos consumidores e clientes não profissionais (“os Clientes” ou “o Cliente” ou “o Utilizador”) no seu site “styqr.fr” (“o Site”).

As principais características dos Serviços são apresentadas no sítio Web “styqr.fr”.

O Cliente é obrigado a lê-los antes de efetuar uma encomenda. A escolha e a aquisição de um Serviço são da exclusiva responsabilidade do Cliente.

Os dados de contacto do prestador de serviços são os seguintes
StyQR SAS, com capital de 1.000 euros, 14 rue des Fauvettes 95360, Montmagny (França), inscrita no Registo Comercial e de Empresas de Pontoise com o número único de identificação 824 532 865.

As presentes condições aplicam-se com exclusão de quaisquer outras condições, nomeadamente as aplicáveis a outros canais de comercialização dos Serviços.

As presentes condições gerais de venda estão acessíveis em qualquer momento no sítio Web e prevalecem, se for caso disso, sobre qualquer outra versão ou qualquer outro documento contraditório.

Na ausência de prova em contrário, os dados registados no sistema informático do prestador de serviços constituem prova de todas as transacções concluídas com o cliente.

De acordo com a Lei Francesa de Proteção de Dados de 6 de janeiro de 1978, reforçada e complementada pelo RGPD (Regulamento Geral de Proteção de Dados) que entrou em vigor em 25 de maio de 2018, o Cliente tem o direito de aceder, retificar, opor-se, apagar e portar todos os seus dados pessoais em qualquer altura, escrevendo, por correio e fornecendo prova da sua identidade, para StyQR SAS – 14 rue des Fauvettes 95360, Montmagny (França).

O Cliente reconhece que tem a capacidade necessária para contratar e adquirir os Serviços propostos no Sítio.

Dado que as presentes Condições Gerais de Venda podem ser objeto de alterações posteriores, a versão aplicável à compra do Cliente é a que está em vigor no sítio Web na data da encomenda.

O Cliente declara que leu e aceitou as presentes condições gerais de venda antes de efetuar a sua encomenda. A este respeito, são oponíveis contra ela nos termos do artigo 1119º do Código Civil francês.

Artigo 2. SERVIÇOS DE ENCOMENDA E DE FORNECIMENTO

O Cliente selecciona os Serviços que pretende encomendar no Sítio, da seguinte forma:

Para se registarem no Sítio, todos os Utilizadores devem primeiro criar uma conta pessoal e ler e aceitar, sem reservas no momento do registo, as presentes Condições Gerais de Venda.

O acesso aos diferentes serviços do sítio está, por conseguinte, estritamente sujeito à aceitação sem reservas e ao respeito das presentes CGV por parte do cliente.

1. Como aceder e registar-se no serviço.

De acordo com o artigo 1127-1 do Código Civil francês, StyQR traz as seguintes informações à atenção de qualquer utilizador da Internet que pretenda abrir uma conta no Site e, consequentemente, celebrar um contrato com StyQR:

2. Criar um perfil de Utilizador e detalhes de início de sessão para o Sítio

Qualquer pessoa pode criar uma conta de utilizador através do Sítio, introduzindo o seu apelido, nome próprio, endereço eletrónico e tipo de alojamento.

2.1 Gestão do perfil e dever de honestidade

Ao registar-se, o Utilizador compromete-se a fornecer informações verdadeiras, nomeadamente dados de contacto válidos. No entanto, em caso de erro, o Utilizador pode contactar o serviço de apoio ao cliente do StyQR, a qualquer momento, através do seguinte endereço: support@styqr.fr

2.2. O seu login e palavra-passe

O nome de utilizador e a palavra-passe são utilizados para aceder aos serviços do Sítio e às definições da conta. Estes dados de ligação são estritamente pessoais e confidenciais e o Utilizador é o único responsável pela gestão, confidencialidade e conservação dos mesmos.

3. Apresentação dos serviços

O sítio oferece dois serviços:

  • StyQR Free: oferta gratuita com funcionalidade limitada ;
  • StyQR Premium: oferta pré-paga com funcionalidade alargada.

Esta oferta existe sob a forma de uma assinatura mensal ou anual com renovação tácita (a seguir designada por “Assinatura”).

StyQR Oferta gratuita

A oferta StyQR Free está limitada a 1 utilizador por agregado familiar para utilização pessoal, ou a 1 utilizador por empresa para utilização profissional.
Em caso de incumprimento desta regra, o StyQR proporá ao Utilizador em causa a fusão das suas diferentes contas “Gratuitas”, passando para a oferta “Premium”.
Caso contrário, o StyQR reserva-se o direito de apagar as contas em causa.

Subscrição Premium

Os titulares de uma conta StyQR podem subscrever uma assinatura Premium mensal ou anual (a seguir designada “Assinatura”).

Neste contexto, o Assinante beneficia dos serviços Premium até decidir rescindir a sua Assinatura nas condições aqui definidas.

A Assinatura Premium mensal tem uma duração indeterminada e é renovada todos os meses, por acordo tácito, para o mês seguinte, a menos que o Utilizador decida rescindi-la, nas condições aqui definidas, antes do final do mês de assinatura em curso.

A Assinatura Premium anual tem uma duração indeterminada e é renovada todos os anos, por acordo tácito, para o ano seguinte, a menos que o Utilizador decida rescindi-la, nas condições aqui definidas, antes do final do ano de assinatura em curso. O Utilizador será notificado por correio eletrónico um mês antes da renovação da sua assinatura.

Oferta experimental

O StyQR oferece um serviço experimental aos seus Utilizadores, permitindo-lhes aceder gratuitamente ao serviço Premium durante um período limitado (14 dias).

Os utilizadores devem introduzir os seus dados de pagamento para ativar uma oferta experimental. No caso de uma assinatura anual, o montante da assinatura será debitado ao Utilizador no dia seguinte ao fim do período experimental. No caso de uma subscrição mensal, o montante da subscrição será debitado ao Utilizador 30 dias após o fim do período experimental. Se o Utilizador não desejar que lhe seja debitado este montante, deve rescindir a sua assinatura antes do fim do período experimental.

Artigo 3. CONTRATO RENOVÁVEL

A subscrição do Serviço no Site implica a celebração de um contrato de um mês ou de um ano, consoante a oferta subscrita pelo Cliente, renovado tacitamente por igual período.

Nos termos do artigo L 215-1 do Código do Consumo francês, que é reproduzido literalmente:

“No caso dos contratos de prestação de serviços celebrados por um período determinado com uma cláusula de renovação tácita, o comerciante que presta os serviços deve informar o consumidor por escrito, por carta ou correio eletrónico específico, não antes de três meses nem depois de um mês antes do final do período que autoriza a rejeição da renovação, da possibilidade de não renovar o contrato que celebrou com uma cláusula de renovação tácita. Esta informação, fornecida em termos claros e compreensíveis, menciona, numa caixa visível, o prazo para a não renovação.

Se esta informação não tiver sido enviada ao consumidor em conformidade com o disposto no primeiro parágrafo, o consumidor pode rescindir o contrato gratuitamente em qualquer altura após a data de renovação.
Os adiantamentos efectuados após a última data de renovação ou, no caso de contratos de duração indeterminada, após a data de conversão do contrato inicial em contrato de duração determinada, serão, neste caso, reembolsados no prazo de trinta dias a contar da data de rescisão, após dedução dos montantes correspondentes, até essa data, à execução do contrato. As disposições do presente artigo aplicam-se sem prejuízo das que sujeitam certos contratos, por lei, a regras especiais em matéria de informação dos consumidores”.

Artigo 4. TAXAS

Para particulares, casas de hóspedes, casas de campo, serviços de portaria e gestores de alugueres:

  • O preço da assinatura mensal Premium é de 3,00 euros (IVA incluído) por mês e por guia de boas-vindas.
  • O preço da Assinatura Premium anual é de 30 euros (IVA incluído) por ano e por guia de boas-vindas.

Para hotéis e parques de campismo:

  • A taxa mensal da Assinatura Premium é de 1,50 euros (IVA incluído) por mês e por quarto ou lote.
  • O preço da Assinatura Premium anual é de 15 euros, incluindo IVA, por ano e por quarto ou lote.

A diferença de preço explica-se pela diferença no número de ligações simultâneas de livros possíveis. Por conseguinte, aplicamos um preço global por número de quartos ou de parcelas para hotéis e parques de campismo. Esta tarifa será introduzida para os novos clientes a partir de 1 de maio de 2021. Se já era cliente antes desta data, as suas tarifas não serão alteradas.

Também podemos fornecer a um hotel ou parque de campismo um único folheto no seu espaço. O Utilizador pode, no entanto, solicitar-nos a abertura gratuita de outras brochuras, em função do número de quartos ou de parcelas. Qualquer caderno suplementar deve ter o mesmo endereço que o primeiro caderno.
Se o Utilizador tiver vários estabelecimentos e pretender criar uma nova caderneta para outro estabelecimento, deve solicitar à equipa do StyQR, que ajustará a sua subscrição em função do número de quartos ou boxes do novo estabelecimento e lhe abrirá uma nova caderneta.

Em caso de incumprimento desta regra, o StyQR proporá um ajustamento à subscrição do Utilizador.
Se este ajustamento não for aceite, o StyQR reserva-se o direito de suprimir os cadernos suplementares que não se enquadrem no âmbito da assinatura subscrita.

O prestador de serviços reserva-se o direito de alterar os seus preços em qualquer altura, mas compromete-se a aplicar os preços em vigor no momento em que a encomenda é efectuada, de acordo com a disponibilidade nessa data.
Os preços são indicados em euros.

Os preços incluem o IVA aplicável no dia da encomenda e qualquer alteração da taxa de IVA será automaticamente reflectida no preço dos serviços.
Os montantes pagos não podem, em caso algum, ser considerados como depósitos ou adiantamentos.

Se um ou mais impostos ou contribuições, em particular impostos ambientais, forem criados ou modificados, quer para cima quer para baixo, esta alteração pode refletir-se no preço de venda dos produtos.

As alterações da taxa entram em vigor no período de subscrição seguinte à data da alteração da taxa.

Artigo 5. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

As compras são efectuadas por cartão de crédito através da interface Stripe. Os clientes devem introduzir o número do seu cartão, a data de validade e o código de segurança de três dígitos que se encontra no verso do cartão diretamente na área indicada (entrada protegida por encriptação SSL).

O cartão bancário utilizado permanecerá registado através da interface Stripe com vista ao pagamento de futuras prestações. O Utilizador pode alterar o cartão bancário associado à sua conta a qualquer momento no seu espaço pessoal, na rubrica “As minhas definições”.

1. Assinatura com um único folheto

Para as assinaturas mensais, a taxa de assinatura paga com cartão de crédito é cobrada no dia seguinte ao fim do primeiro período de assinatura e, depois, todos os meses na data de aniversário.

Por exemplo, se um Utilizador subscrever uma assinatura Premium pela primeira vez em 05/04/2019, terá um período experimental de 14 dias até 19/04/2019, após o qual a sua assinatura Premium terá início em 20/04/2019. O primeiro pagamento será cobrado em 20/05/2019 e os pagamentos seguintes serão efectuados nas datas de aniversário (20/06/2019, 20/07/2019, etc.).
Se um utilizador já tiver tirado partido do período experimental no passado, a sua subscrição terá início imediatamente. Por exemplo, se subscreverem uma assinatura Premium em 04/05/2019, o primeiro pagamento será cobrado em 05/05/2019 e os pagamentos subsequentes serão efectuados nas datas de aniversário (06/05/2019, 07/05/2019, etc.).

Para as subscrições anuais, a taxa de subscrição paga com cartão de crédito é cobrada no dia seguinte ao fim do período experimental e, depois, na data de aniversário.

Por exemplo, se um Utilizador subscrever uma assinatura Premium pela primeira vez em 05/04/2019, terá um período experimental de 14 dias até 19/04/2019, após o qual a sua assinatura Premium terá início em 20/04/2019. O primeiro pagamento será cobrado em 20/04/2019 e os pagamentos seguintes serão efectuados nas datas de aniversário (20/04/2020, 20/04/2021, etc.).
Se um utilizador já tiver tirado partido do período experimental no passado, a sua subscrição terá início imediatamente. Por exemplo, se subscreverem uma assinatura Premium em 04/05/2019, o primeiro pagamento será cobrado em 04/05/2019 e os pagamentos subsequentes serão efectuados nas datas de aniversário (04/05/2020, 04/05/2021, etc.).

2. Assinatura com vários folhetos

No caso das assinaturas mensais, o montante só é debitado no final do mês em curso. O montante debitado corresponde ao número de cadernetas subscritas em simultâneo durante esse período.

A título de exemplo, se um Utilizador subscrever uma assinatura Premium com uma única caderneta e depois desejar acrescentar 3 novas cadernetas à sua oferta durante o período, o pagamento recebido no final do mês corresponderá ao número máximo de cadernetas subscritas simultaneamente durante o período, ou seja, neste caso, 4 cadernetas.

Para as assinaturas anuais, se o Utilizador desejar aumentar posteriormente o número de cadernos incluídos na sua oferta, deverá pagar a diferença de preço para o ano em curso, proporcionalmente ao número de meses que faltam para a data de aniversário.

Por exemplo, um utilizador subscreve 30 cadernetas em 05/04/N. Em 20/04/N, o dia seguinte ao fim do período experimental, paga a taxa de subscrição anual de 840 euros.
Em 15 de junho de N, quis acrescentar 10 cadernos à sua assinatura. Terá então de pagar o montante de 238,33 euros, correspondente aos 11 meses que faltam para a data de aniversário da sua assinatura.

Artigo 6. SANÇÕES POR ATRASO DE PAGAMENTO

Em caso de atraso de pagamento e de pagamento das somas devidas pelo Cliente após o prazo acima indicado, e após a data de pagamento indicada na fatura enviada ao Cliente, as penalidades por atraso de pagamento, calculadas a uma taxa mensal de 3% do montante (incluindo impostos) do preço dos Serviços indicado na referida fatura, serão automaticamente e por força da lei devidas ao Prestador de Serviços, sem qualquer formalidade ou aviso prévio.

Artigo 7. DISPONIBILIDADE DO SERVIÇO

O StyQR esforça-se por assegurar que o Sítio esteja disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. No entanto, o acesso ao Site pode ser interrompido como parte de operações de manutenção, actualizações de hardware ou software, reparações de emergência no Site, ou como resultado de circunstâncias fora do controlo do StyQR.

A StyQR compromete-se a tomar todas as medidas razoáveis para limitar essas perturbações, na medida em que lhe sejam imputáveis.

O Utilizador reconhece e aceita que o StyQR não assume qualquer responsabilidade perante si por qualquer indisponibilidade, suspensão ou interrupção do Site, não podendo ser responsabilizado por qualquer prejuízo direto ou indireto de qualquer natureza que daí resulte.

Artigo 8º. MODIFICAÇÃO DE SERVIÇO

O StyQR reserva-se o direito de desenvolver os seus serviços ou o Site, nomeadamente através da disponibilização de novas funcionalidades ou da modificação e/ou eliminação de funcionalidades atualmente oferecidas aos Utilizadores do Site.

Artigo 9. ASSINATURA ELECTRÓNICA

O fornecimento em linha do número do cartão bancário do comprador e a validação final da encomenda constituem prova do acordo do comprador:
Pagamento dos montantes devidos ao abrigo da ordem de compra,
Assinatura e aceitação expressa de todas as operações efectuadas.

Em caso de utilização fraudulenta do cartão bancário, o Cliente é convidado a contactar o serviço de apoio no seguinte endereço: support@styqr.fr.

Artigo 10. PROVA DA TRANSACÇÃO

Os registos informatizados, conservados nos sistemas informáticos do prestador de serviços em condições de segurança razoáveis, serão considerados como prova das comunicações, das encomendas e dos pagamentos efectuados entre as partes. As notas de encomenda e as facturas são arquivadas num suporte fiável e duradouro que pode ser apresentado como prova.

Artigo 11. DIREITO DE RESCISÃO

Quando subscreve a oferta Premium, dispõe de um período de reflexão sob a forma de uma oferta experimental. O período de reflexão para a subscrição paga para a qual recebe um Teste termina catorze (14) dias após o início do Teste. Se o utilizador não cancelar a Assinatura Paga antes do fim do período experimental, perde o seu direito de rescisão e autoriza o StyQR a faturar-lhe automaticamente o preço acordado todos os meses (ou todos os anos), até cancelar a Assinatura Premium.

Para exercer o seu direito de retratação, basta enviar-nos um e-mail com a sua decisão de retratação do presente contrato numa declaração inequívoca: support@styqr.fr. A data tida em conta será a data de envio da mensagem eletrónica. O(s) guia(s) de boas-vindas e o acesso ao(s) mesmo(s) será(ão) imediatamente desativado(s).

Também pode cancelar a sua assinatura a partir da página “A minha assinatura” na sua área de utilizador, reduzindo para 0 o número de cadernetas incluídas na oferta Premium para o período seguinte.

O teste só pode ser efectuado uma vez por utilizador. Se o Utilizador exercer o seu direito de rescisão no final do período experimental e voltar a subscrever, ficará imediatamente vinculado ao período de subscrição escolhido (anual ou mensal), sem qualquer outro período de reflexão.

Artigo 12. CANCELAMENTO DA SUBSCRIÇÃO

Se o Utilizador tiver subscrito, com ou sem oferta experimental, a Assinatura Premium do Sítio, para a rescindir, deve enviar um pedido por correio eletrónico para o seguinte endereço: support@styqr.fr, indicando o seu identificador. Será enviada ao Utilizador uma mensagem de confirmação do pedido.

Também pode cancelar a sua assinatura a partir da página “A minha assinatura” na sua área de utilizador, reduzindo para 0 o número de cadernetas incluídas na oferta Premium para o período seguinte.

Se o Utilizador indicar que pretende terminar a Assinatura antes do final do período em curso, o seu pedido produzirá efeitos no dia seguinte ao último dia do período de assinatura (ou seja, a data de aniversário). O utilizador passará automaticamente para o pacote StyQR Free.

Artigo 13. ELIMINAÇÃO DE CONTAS

O Fornecedor de Serviços reserva-se o direito de suspender e/ou eliminar a conta de qualquer Utilizador que infrinja estes termos e condições.

O StyQR reserva-se o direito de eliminar uma conta que esteja inativa há mais de 12 meses.
Os utilizadores podem solicitar a eliminação da sua conta enviando uma mensagem de correio eletrónico para o seguinte endereço: support@styqr.fr.

O cancelamento do registo no Sítio produzirá efeitos logo que possível.

Artigo 14. RESPONSABILIDADE DO PRESTADOR DE SERVIÇOS – GARANTIA

O Prestador de Serviços garante, de acordo com as disposições legais e sem pagamento adicional, o Cliente contra qualquer falta de conformidade ou defeito latente resultante de um defeito de conceção ou de produção dos Serviços encomendados.

Para fazer valer os seus direitos, o Cliente deve informar o Prestador de Serviços, por escrito, da existência de eventuais defeitos ou falta de conformidade num prazo máximo de 5 dias a contar da prestação dos Serviços.

O prestador de serviços reembolsará ou rectificará ou mandará retificar (na medida do possível) os serviços considerados defeituosos logo que possível e, o mais tardar, no prazo de 30 dias após o prestador de serviços ter tido conhecimento do defeito ou da falha. O reembolso será efectuado por crédito na conta bancária do Cliente ou por cheque enviado ao Cliente.

A garantia do prestador de serviços limita-se ao reembolso dos serviços efetivamente pagos pelo cliente e o prestador de serviços não poderá ser considerado responsável ou em falta por qualquer atraso ou incumprimento resultante da ocorrência de um caso de força maior, tal como geralmente reconhecido pela jurisprudência francesa.

Os Serviços prestados através do Site do Prestador de Serviços estão em conformidade com a regulamentação em vigor em França. O Fornecedor de Serviços não poderá ser responsabilizado em caso de não conformidade com a legislação do país em que os Serviços são prestados, a qual cabe ao Cliente, único responsável pela escolha dos Serviços solicitados, verificar.

Artigo 15. RESPONSABILIDADES DO UTILIZADOR

O Utilizador é o único responsável pelas mensagens, conteúdos e informações que coloca online no Sítio. O Prestador de Serviços não poderá ser responsabilizado pelos conteúdos transmitidos ou colocados online pelos Utilizadores no Site, sobre os quais o StyQR não tem qualquer controlo ou poder de fiscalização.

O Utilizador compromete-se expressamente, sob pena de responsabilidade penal ou civil, a assegurar que as mensagens que envia não sejam de natureza a, sem que esta lista seja exaustiva :

  • Constituir uma violação dos direitos de propriedade intelectual de terceiros; a este respeito, o Utilizador compromete-se a não reproduzir ou comunicar ao público no Sítio elementos protegidos por direitos de autor, registados como marca ou, de um modo mais geral, protegidos por qualquer outro direito de propriedade intelectual detido por terceiros sem o consentimento prévio do(s) titular(es) desses direitos de propriedade;
  • Conter vírus informáticos susceptíveis de interromper, destruir ou alterar a funcionalidade do Sítio;
  • Glorificar crimes ou conter mensagens ilegais, ameaçadoras, pedófilas, pornográficas, difamatórias, obscenas, odiosas, racistas, anti-semitas, xenófobas, revisionistas ou contrárias à ordem pública ou à moral;
  • Violar a privacidade ou a dignidade dos outros;
  • Incitar à violência, ao fanatismo, ao crime, ao suicídio ou ao ódio por motivos de religião, raça, género, orientação sexual ou etnia;
  • Assediar outros Utilizadores com quem o Utilizador tenha entrado em contacto durante discussões nas várias áreas de comunicação do site;
  • Promover ou encorajar qualquer atividade ou empreendimento criminoso;
  • Solicitar e/ou comunicar palavras-passe e/ou informações pessoais para fins comerciais ou ilegais;
  • Transmitir cadeias de mensagens de correio eletrónico, envios em massa não solicitados, mensagens instantâneas, mensagens publicitárias não desejadas ou cartas não solicitadas;
  • Incluir anúncios e/ou solicitações para oferecer produtos e/ou serviços para venda através do Sítio;
  • Conter endereços ou ligações de hipertexto para sítios externos cujo conteúdo seja contrário às leis e regulamentos em vigor, que infrinjam os direitos de terceiros ou que sejam contrários às presentes condições.

O prestador de serviços distribui, em formato eletrónico, através do seu sítio Web, brochuras de boas-vindas redigidas pelos utilizadores para fornecer informações sobre o seu alojamento.
O Sítio é apenas um meio para os Utilizadores transmitirem informações aos seus leitores, sob a sua própria responsabilidade, sob a forma de um guia de boas-vindas digital para o seu alojamento.
O objetivo do Sítio não é, portanto, garantir a conclusão ou a boa execução da visita de um viajante ao Utilizador.
Como o StyQR não é parte na celebração do contrato que dá origem à visita do viajante às instalações do Utilizador, não poderá verificar a legalidade do contrato (seja no que respeita à livre disponibilidade do imóvel, às condições em que o contrato foi formado, à legalidade das obrigações contratualmente impostas a um ou outro dos Utilizadores ou a qualquer outro aspeto), nem a sua boa execução.
Chama-se, pois, a atenção dos utilizadores para os riscos associados à disponibilização ou à ocupação dos alojamentos, nomeadamente o risco de danificação dos bens ou de furto de determinados objectos.

O Utilizador é o único responsável pela guarda e confidencialidade dos seus identificadores StyQR e compromete-se a não comunicar a sua palavra-passe a qualquer outro Utilizador, seja em que momento for, nem a utilizar a conta, o pseudónimo e a palavra-passe de outro Utilizador. O Utilizador garante a exatidão dos dados fornecidos ao StyQR para efeitos de registo e compromete-se a comunicar ao StyQR qualquer alteração posterior.

O Utilizador reconhece que o StyQR se reserva o direito de, em caso de utilização do Site contrária às presentes condições gerais e, de um modo mais geral, às leis e regulamentos em vigor, cancelar imediatamente e sem aviso prévio o seu registo nos serviços do Site e/ou bloquear o seu acesso ao Site.

O StyQR não pode ser responsabilizado por qualquer perda financeira ou comercial, danos à reputação, ou qualquer perda direta ou indireta decorrente da utilização do Site pelos Utilizadores.

O StyQR reserva-se o direito de fornecer, a pedido de qualquer autoridade legítima, qualquer informação que permita ou facilite a identificação do Utilizador infrator.

Artigo 16. PROPRIEDADE INTELECTUAL

O conteúdo do site é propriedade do prestador de serviços e dos seus parceiros e está protegido pelas leis francesas e internacionais de propriedade intelectual.

Qualquer reprodução total ou parcial deste conteúdo é estritamente proibida e pode constituir uma violação dos direitos de autor.

Além disso, o Fornecedor de Serviços mantém a propriedade de todos os direitos de propriedade intelectual sobre fotografias, apresentações, estudos, desenhos, modelos, protótipos, etc., produzidos (mesmo a pedido do Cliente) com o objetivo de prestar os Serviços ao Cliente.

O Cliente abster-se-á, portanto, de reproduzir ou explorar os referidos estudos, desenhos, modelos e protótipos, etc., sem a autorização expressa, escrita e prévia do Vendedor, que poderá ser objeto de uma contrapartida financeira.

Artigo 17. TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E LIBERDADES CÍVICAS

Em conformidade com a Lei 78-17 de 6 de janeiro de 1978, alterada pela Lei n.º 2018-493 de 20 de junho de 2018, recordamos que os dados pessoais solicitados ao Cliente são necessários para o processamento da encomenda e, em particular, para a emissão de facturas.

Estes dados podem ser comunicados a qualquer um dos parceiros do Vendedor encarregados da execução, do tratamento, da gestão e do pagamento das encomendas.

O tratamento das informações comunicadas através do sítio Web está em conformidade com os requisitos legais de proteção dos dados pessoais e o sistema de informação utilizado garante uma proteção óptima destes dados.

Em conformidade com a regulamentação nacional e europeia em vigor, o Cliente dispõe de um direito permanente de acesso, modificação, retificação, oposição, portabilidade e limitação do tratamento das informações que lhe dizem respeito.

Este direito pode ser exercido nos termos e condições definidos no Sítio.

Os clientes são remetidos para as informações sobre a PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS no Sítio.

Artigo 18. NÃO VALIDAÇÃO PARCIAL

Se uma ou mais cláusulas das presentes condições gerais forem consideradas inválidas ou declaradas como tal em aplicação de uma lei, de um regulamento ou na sequência de uma decisão definitiva de um tribunal competente, as outras cláusulas manterão toda a sua força e alcance.

Artigo 19. NÃO RETIRADO

O facto de uma das partes não tirar partido de uma violação pela outra parte de uma das obrigações referidas nas presentes condições gerais não deve ser interpretado, no futuro, como uma renúncia à obrigação em causa.

Artigo 20. IMPREVISÃO

Em caso de alteração das circunstâncias imprevisíveis no momento da celebração do contrato, em conformidade com o disposto no artigo 1195.º do Código Civil, a parte que não aceitou assumir o risco de uma execução excessivamente onerosa pode solicitar ao seu co-contratante a renegociação do contrato.

Artigo 21. EXCEPÇÃO DE NÃO EXECUÇÃO

Nos termos do artigo 1219º do Código Civil francês, cada uma das partes pode recusar-se a cumprir a sua obrigação, mesmo que seja devida, se a outra parte não cumprir a sua obrigação e se esse incumprimento for suficientemente grave, ou seja, suscetível de pôr em perigo a continuação do contrato ou de perturbar fundamentalmente o seu equilíbrio económico.
A suspensão da execução produzirá efeitos imediatamente após a receção, pela Parte em falta, da notificação de incumprimento que lhe é enviada para o efeito pela Parte em falta, indicando a intenção de aplicar a exceção de não execução enquanto a Parte em falta não tiver corrigido o incumprimento verificado, notificada por carta registada com aviso de receção ou por qualquer outro meio escrito duradouro que comprove o envio.
Este meio de defesa contra o incumprimento pode igualmente ser utilizado como medida preventiva, em conformidade com o disposto no artigo 1220.º do Código Civil francês, se for evidente que uma das partes não cumprirá as suas obrigações na data prevista e que as consequências deste incumprimento são suficientemente graves para a parte vítima do incumprimento.
Esta opção é utilizada por conta e risco da parte que toma a iniciativa.
A suspensão do cumprimento produzirá efeitos imediatamente após a receção pela Parte presumivelmente em falta da notificação da intenção de aplicar a exceção de incumprimento preventivo, até ao momento em que a Parte presumivelmente em falta cumpra a obrigação relativamente à qual é manifesto um incumprimento futuro, notificada por carta registada com aviso de receção ou por qualquer outro meio escrito duradouro que forneça prova de envio.
No entanto, se o impedimento for definitivo ou persistir por mais de 30 dias a contar da data em que o impedimento for assinalado por carta registada, as presentes condições serão simplesmente rescindidas nos termos e condições previstos no artigo 17º, “Rescisão por incumprimento das obrigações de uma parte”.

Artigo 22. EXECUÇÃO FORÇADA EM ESPÉCIE

Sem prejuízo do disposto no artigo 1221º do Código Civil francês, as Partes acordam em que, em caso de incumprimento por uma delas, a Parte vítima do incumprimento não pode solicitar a execução.

Artigo 23. FORÇA MAIOR

As Partes não serão responsabilizadas se o incumprimento ou o atraso no cumprimento de qualquer uma das suas obrigações descritas no presente documento resultar de um caso de força maior, na aceção do artigo 1218º do Código Civil francês.
As obrigações das partes serão então suspensas 30 dias após o envio de uma carta registada com aviso de receção.
A parte que regista o acontecimento deve informar imediatamente a outra parte da sua impossibilidade de o fazer e justificar esse facto a esta última. A suspensão das obrigações não pode, em caso algum, dar origem a responsabilidade pelo incumprimento da obrigação em causa, nem implicar o pagamento de indemnizações ou multas por atraso.
No entanto, logo que a causa da suspensão das suas obrigações mútuas tenha desaparecido, as partes envidarão todos os esforços para retomar o mais rapidamente possível o cumprimento normal das suas obrigações contratuais. Para o efeito, a parte impedida notificará a outra parte da retomada da sua obrigação por carta registada com aviso de receção.
Durante esta suspensão, as partes acordam que as despesas decorrentes da situação serão suportadas pela parte impedida de comparecer.
Se o impedimento for definitivo ou se prolongar por mais de um mês, as presentes condições serão simplesmente rescindidas em conformidade com as condições previstas no artigo “Rescisão por motivo de força maior”.

Artigo 24. RESCISÃO DO CONTRATO

Resolução de situações imprevistas

Sem prejuízo da cláusula intitulada “Rescisão por incumprimento das obrigações de uma das partes”, abaixo indicada, a rescisão por impossibilidade de cumprimento de uma obrigação que se tenha tornado excessivamente onerosa só pode ter lugar 30 dias após o envio de uma notificação formal da intenção de aplicar a presente cláusula, por carta registada com aviso de receção ou por qualquer ato extrajudicial.

Rescisão por incumprimento de uma obrigação suficientemente grave

A parte faltosa pode, sem prejuízo da cláusula “Rescisão por incumprimento de uma das partes”, abaixo indicada, em caso de incumprimento suficientemente grave de uma das obrigações que incumbem à outra parte, notificar a parte faltosa, por carta registada com aviso de receção, da rescisão abusiva do presente contrato, 30 dias após o envio de uma notificação para cumprir sem resultado, em aplicação das disposições do artigo 1224º do Código Civil francês.

Resolução de casos de força maior

Sem prejuízo da cláusula intitulada “Rescisão por incumprimento das obrigações de uma das partes”, abaixo indicada, a rescisão por força maior só pode ter lugar 30 dias após o envio de uma notificação formal por carta registada com aviso de receção ou por qualquer ato extrajudicial.

Rescisão por incumprimento das obrigações de uma parte

Em caso de incumprimento por uma das partes das obrigações previstas no presente contrato, o contrato pode ser rescindido por decisão da parte lesada.

Fica expressamente entendido que esta rescisão por incumprimento das obrigações de uma das partes terá lugar ipso jure 30 dias após o envio de uma notificação formal para cumprir, que tenha ficado, no todo ou em parte, sem efeito. A notificação para cumprir pode ser feita por carta registada com aviso de receção ou por qualquer ato extrajudicial.

Disposições comuns aos casos de rescisão

É expressamente acordado entre as Partes que o devedor de uma obrigação de pagamento nos termos do presente contrato é validamente colocado em situação de incumprimento pelo simples facto de a obrigação ser devida, em conformidade com as disposições do artigo 1344.
Se o prestador de serviços puser em prática uma ou mais cláusulas de rescisão do presente contrato, as taxas devidas à data de aplicação tornar-se-ão exigíveis, sem prejuízo de eventuais indemnizações por perdas e danos.
Em qualquer caso, a parte lesada pode recorrer aos tribunais para obter uma indemnização, sem prejuízo da aplicação das sanções previstas no artigo “Sanções por atraso de pagamento” do artigo “Rescisão por acontecimentos imprevistos”.

Artigo 25. DISPUTA

Todos os litígios a que o presente contrato e as convenções dele decorrentes possam dar origem, relativos à sua validade, interpretação, execução, resolução, consequências e consequências, serão submetidos aos tribunais competentes nas condições do direito comum.

Artigo 26. LÍNGUA DO CONTRATO

As presentes condições gerais de venda são redigidas em francês. Se forem traduzidos para uma ou mais línguas estrangeiras, apenas o texto francês fará fé em caso de litígio.

Artigo 27. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

As presentes condições gerais estão sujeitas ao direito francês, com exclusão das disposições da Convenção de Viena. Isto aplica-se tanto às regras materiais como às regras formais. Em caso de litígio ou reclamação, o comprador deve contactar primeiro o Fornecedor de Serviços para obter uma solução amigável.

Artigo 28. INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL – ACEITAÇÃO DO CLIENTE

O Cliente reconhece que, antes de efetuar a sua encomenda e de celebrar o contrato, lhe foram comunicadas, de forma legível e compreensível, as presentes Condições Gerais de Venda e todas as informações enumeradas no artigo L. 221-5 do Código do Consumo e, nomeadamente, as informações seguintes:

  • As características essenciais dos Serviços, tendo em conta o meio de comunicação utilizado e o Serviço em causa;
  • O preço dos serviços e os custos acessórios (por exemplo, a entrega);
    na falta de execução imediata do contrato, a data ou o prazo em que o
  • O prestador de serviços compromete-se a prestar os serviços encomendados;
  • Informações relativas à identidade do prestador de serviços, aos seus contactos postais, telefónicos e electrónicos e às suas actividades, se tal não resultar do contexto,
  • Informações sobre as garantias legais e contratuais e a forma de as utilizar;
  • As funcionalidades dos conteúdos digitais e, se for caso disso, a sua interoperabilidade ;
  • A possibilidade de recorrer à mediação convencional em caso de litígio ;
  • Informações sobre o direito de retratação (existência, condições, prazo, procedimentos para o exercício deste direito e modelo de formulário de retratação), procedimentos de anulação e outras condições contratuais importantes.
  • Métodos de pagamento aceites.

O facto de uma pessoa singular (ou colectiva) efetuar uma encomenda no site “styqr.fr” implica a aceitação plena e sem reservas das presentes Condições Gerais de Venda e a obrigação de pagamento dos Serviços encomendados, o que é expressamente reconhecido pelo Cliente, que renuncia, nomeadamente, ao direito de invocar qualquer documento contraditório que seria inaplicável ao Prestador de Serviços.

ANEXO I FORMULÁRIO DE RETIRADA

Este formulário só deve ser preenchido e devolvido se o Cliente pretender desistir da encomenda efectuada em “styqr.fr”, salvo se as Condições Gerais de Venda aplicáveis excluírem ou limitarem o exercício do direito de rescisão.
À atenção de

StyQR SAS
14 rue des Fauvettes 95360, Montmagny

Venho por este meio comunicar a rescisão do contrato de prestação dos seguintes serviços:

– Encomendar “Data
– Número de encomenda: …………………………………………………..
– Nome do cliente: …………………………………………………………………
– Endereço do cliente: ……………………………………………………………..

Assinatura do cliente (apenas se este formulário for enviado em papel) :